Farmácias

3 tendências para o mercado farmacêutico

3 tendências para o mercado farmacêutico

Os hábitos de consumo vêm passando por mudanças significativas. Dos avanços tecnológicos ao distanciamento social forçado pela pandemia de Covid-19, vários são os fatores que contribuem para a transformação. Portanto, sua empresa deve estar preparada para as novas demandas do público. Acompanhe conosco algumas tendências do mercado farmacêutico para saber como o setor estará nos próximos anos.

Principais tendências do mercado farmacêutico

As palavras de ordem desse segmento são tecnologia e conveniência. Num futuro não tão distante, a mesma loja deverá entregar variadas soluções aos consumidores, sem abrir mão da qualidade nem da praticidade. Confira os detalhes:

1. Adaptação do varejo farmacêutico

O varejo farmacêutico atingiu o faturamento recorde de R$ 58,2 bilhões em 2020, uma alta de 8,8% em relação a 2019. Os dados são da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma).

De acordo com a entidade, o crescimento foi impulsionado pela venda de não medicamentos, tais como itens de higiene pessoal, cosméticos e perfumaria. Somente esses produtos movimentaram R$ 18,7 bilhões, ou 32% da receita total.

Algumas redes chegam a investir em artigos de marca própria. Essa é uma maneira de oferecer mercadoria de qualidade a um preço reduzido, mas com boa margem de lucro.

Nos próximos anos, a comercialização de alimentos e brinquedos pode tornar as farmácias espaços ainda mais diversificados. Ou seja: tornam-se opções convenientes para as compras rápidas do dia a dia.

Dica: 5 maneiras de aumentar as vendas em sua farmácia

2. Oferta de serviços de saúde

A exemplo do que já ocorre nos Estados Unidos, as farmácias brasileiras tendem a se consolidar como pequenos centros de saúde. Serviços de exames, testes rápidos, vacinação e consultas a médico ou nutricionista serão cada vez mais comuns nos estabelecimentos.

A Abrafarma tem propostas nesse sentido. E vale lembrar que resoluções recentes do Conselho Federal de Farmácia atualizaram as atribuições clínicas do farmacêutico. Esse profissional pode prescrever medicamentos que não exijam receita médica, tornando-se mais um agente na prevenção de doenças e na promoção do bem-estar da população.

3. Transformação digital

O e-commerce deixou de ser tendência no mercado farmacêutico para virar realidade. A alternativa de comprar pela internet e receber a mercadoria em casa facilitou bastante a vida de muitos clientes durante a quarentena.

Os métodos de pagamento também estão mais ágeis. Destaque para o Pix, que permite usar QR Code para finalizar a transação. Trata-se de um meio rápido e seguro de fazer as compras, sem contato direto com a maquininha de cartão.

Outra facilidade é a prescrição eletrônica, disponível na nuvem. A farmácia que adota essa ferramenta não depende mais de receitas escritas à mão. Isso melhora o acesso às informações e garante a entrega dos medicamentos corretos. 

Antecipe-se às tendências de mercado com Anexth

E então: sua loja está pronta para as novas demandas do mercado farmacêutico? Precisando de ajuda, conte com Anexth. O app proporciona uma experiência totalmente digital desde a consulta médica até a compra dos remédios. A plataforma conta com o balcão virtual, um serviço de vídeo-atendimento em tempo real para tirar dúvidas e fazer cotações dos produtos. E a dispensação de medicamentos pode ser realizada pelo nosso portal exclusivo, de um jeito simples, ágil e seguro. Acesse o site para saber mais.

Categorias: Farmácias