Médicos

5 dúvidas sobre publicidade médica

5 dúvidas sobre publicidade médica

A publicidade médica pode ser uma estratégia para você atingir novos públicos e conquistar mais pacientes. Só que existem restrições quanto ao tipo de conteúdo que um profissional da área pode divulgar.

E agora, como proceder? Hoje estamos aqui para tirar suas dúvidas sobre o assunto.

Dúvidas frequentes sobre publicidade médica

Abaixo, listamos cinco questões que vão ajudar você a elaborar o plano de marketing para sua clínica. Acompanhe!

Publicidade médica é permitida no Brasil?

Sim, desde que feita da maneira certa. O Conselho Federal de Medicina (CFM), a partir da resolução nº 1.974/11, estabeleceu um manual com as regras de conduta para esse tipo de atividade.

Basicamente, o texto orienta os médicos a seguirem o código de ética da profissão. É vetado o uso de imagens chocantes ou de linguagem sensacionalista nas peças publicitárias. Também não dá para prometer soluções milagrosas nem “resultados garantidos” com o tratamento.

Médicos podem ter redes sociais?

Podem. Inclusive, elas se tornam um ótimo canal de comunicação com o público.

O Manual de Publicidade Médica do CFM sugere a divulgação de conteúdo informativo nos diferentes meios. Ou seja: você pode utilizar o ambiente on-line para dar dicas de saúde, tirar dúvidas sobre alguma doença ou explicar, numa linguagem para leigos, os resultados de algum estudo científico na sua área de atuação.

Criação de conteúdo é uma boa prática?

Com certeza! Diríamos até que é a melhor delas, pois vai ao encontro do objetivo de prestar informações relevantes com a publicidade médica.

Além das dicas nas redes sociais, que podem ser em vídeos ou posts escritos, também é possível oferecer outros materiais. Que tal um e-book explicando como prevenir doenças? Ou um guia com a lista dos exames de rotina que todo paciente deve fazer? Há inúmeras possibilidades de gerar conteúdo para sua audiência.

É desejável interagir com os pacientes via redes sociais?

Não há nenhum problema nisso. Experimente abrir uma caixinha de perguntas no seu Instagram, por exemplo. Você verá quais são as principais dúvidas do público, e a partir daí poderá gerar conteúdo interessante para essas pessoas.

Quanto mais diálogo houver, mais seus seguidores vão enxergar você como referência na área médica. Isso abre caminho para fidelizar clientela.

Como avaliar os resultados da publicidade médica?

Existem métricas de marketing digital que ajudam nisso. Claro que o número de seguidores é um indicativo, mas não se guie tanto por ele. Mais importante que a quantidade é a qualidade das interações, o que os especialistas chamam de taxa de engajamento.

O segredo do sucesso é manter presença frequente nos espaços on-line. Assim, com tempo e dedicação, você vai entendendo melhor os anseios do público, o que permite refinar a estratégia de publicidade.

Dica: Guia para colocar o marketing médico em prática

Conte com Anexth para ampliar sua presença digital

Agora que já falamos um pouco sobre publicidade médica, vamos dar mais uma dica para você atingir novos públicos. Trata-se de Anexth, uma plataforma que permite teleconsultas por videoatendimento.

Clique no banner para conhecer melhor o Anexth e cadastre-se para obter todas as vantagens que a plataforma oferece:

Com o app, você pode atender pacientes do Brasil inteiro de uma maneira prática, ágil e totalmente segura. E ainda dá para prescrever medicamentos usando a receita digital. Acesse o site e veja como é simples!

Esperamos que o artigo de hoje tenha sido útil para você. Obrigado pela companhia e até a próxima.

Categorias: Médicos